20/1/2014 12h13 Por GAZETA PRESS

Nadal prevê incômodo com bolha estourada na palma da mão

Machucado será um problema para o espanhol enfrentar no confronto contra o namorado de Sharapova, seu adversário nas quartas

O espanhol Rafael Nadal teve uma partida difícil nas oitavas de final do Aberto da Austrália contra o japonês Kei Nishikori. O espanhol mostrou eficiência e venceu o duelo por 3 sets a 0, mas sofreu durante o duelo com uma bolha na palma da mão esquerda que deve lhe atrapalhar pelo restante da competição.

Nadal precisou de 3h17min para derrotar o adversário por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-3), 7/5 e 7/6 (7-3). A bolha estourada foi apenas um dos problemas enfrentados pelo espanhol, que precisou ir a seu vestiário durante o jogo para trocar o par de tênis porque rompeu um dos cadarços.

“O problema não é a bolha, mas o lugar. É muito difícil de cobrir aqui, não é muito dolorida, mas não posso jogar hoje sem uma bandagem. É um pouco duro porque não é algo que uso sempre, só usei uma ou outra vez na minha carreira. É diferente das que uso todo dia, sentir a raquete fica um pouco mais difícil”, afirmou o espanhol após o duelo.

O adversário de Rafael Nadal nas quartas de final do Aberto da Austrália será o búlgaro Grigor Dimitrov, namorado de Maria Sharapova e considerado uma das principais revelações do circuito profissional. Na madrugada desta segunda-feira, o tenista de 22 anos de idade superou o espanhol Roberto Bautista Agut, algoz de Juan Martin Del Potro, por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6, e 6/2 e 6/4.

Veja também:

Jogadores do Sacramento Kings usam Google Glass em quadra

Repórter ‘escorrega’ e pede para Terry traduzir Eto’o

Jogador dos 49ers sofre lesão de forma bizarra

Eles já se enfrentaram três vezes pelo circuito profissional e Nadal conseguiu a vitória em todas. Os três duelos entre eles, no ATP 500 de Roterdã de 2009, e nos Masters 1000 de Monte Carlo e Cincinnati de 2013, foram decididos por 2 sets a 1.